terça-feira, 2 de março de 2010

Audiência Pública discute alternativas para projeto de mobilidade da Salgado Filho

Na manhã desta segunda-feira 1 março, técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) participaram de uma audiência pública realizada na sede da Promotoria de Defesa de Meio Ambiente para discutir sobre o Projeto de Mobilidade a ser implantado na Avenida Hermes da Fonseca e Salgado Filho, que prevê a retirada de árvores do canteiro central para o alargamento da via.

De acordo com a engenheira florestal da Semurb, Neusa Célia Oliveira, uma adequação foi sugerida pela Semurb, afim de não causar problemas no local como o excesso de temperatura. “Ao invés da retirada seria feito o transplante das árvores já existentes para o novo canteiro. Para isso um estudo fitossanitário para conhecer a saúde das árvores foi realizado para identificar quais apresentam condições de serem transplantadas e quais deveriam ser removidas para um novo plantio”, explica.

Na ocasião, os técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) apresentaram o projeto que consiste na ampliação em mais uma faixa na avenida Salgado Filho, deslocando o canteiro central da via com a retirada 1.60m do lado esquerdo e o acréscimo de 2.60m no lado direito. Acabando assim, com o gargalo formado com a redução de três para duas faixas no final da avenida Hermes da Fonseca e início da Salgado Filho.

A promotora Rossana Sudário solicitou a suspensão do licenciamento por 120 dias afim de que os peritos do Ministério Público possam conhecer o projeto. Segundo a promotora, “o Ministério Público precisa estudar o assunto para ver todas as possibilidades afim de encontrar outras alternativas”, diz. Já para o secretario adjunto da Semob, Aroldo Costa, o objetivo do projeto é melhorar a mobilidade no trânsito da região, pois é um dos pontos mais críticos da cidade, afirma.

Para dar suporte ao MP a Semurb vai encaminhar o relatório preliminar que elenca a situação das árvores do local e a Semob vai enviar uma cópia do Plano de Mobilidade Urbana da cidade..

Fonte: Site da PMN
www.natal.rn.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário