quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Prefeita visita obras de pavimentação e drenagem no Nossa Senhora da Apresentação


A prefeita Micarla de Sousa visita na tarde desta quarta-feira, às 16h, as obras de drenagem e pavimentação do bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na zona Norte da capital. Na ocasião, o titular da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Demétrio Paulo Torres e o secretário adjunto, Sueldo Florêncio, estarão presentes para prestar informações técnicas sobre as obras executadas em cada área.

Até o momento, 75% dos serviços de pavimentação foram concluídos em 484 das 561 ruas previstas, que contemplam os loteamentos do Vale Dourado, Jardim Progresso, Jardim Aliança, Jardim Primavera e parte do Parque dos Coqueiros. Já a drenagem está mais adiantada, com 87% das obras concluídas, de um total de 45.154 metros de extensão. A previsão da Semopi é que tudo fique pronto até junho próximo. Com investimento total orçado em R$ 68.094.688, onde 80% são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, e o restante de contrapartida da Prefeitura do Natal, as obras irão beneficiar 24 mil famílias do Nossa Senhora da Apresentação.

Iniciadas em janeiro de 2008, depois que o Ministério Público, através da Promotoria do Meio Ambiente, ingressou com uma Ação Judicial exigindo a drenagem das ruas do bairro, as obras irão acabar com um problema crônico no bairro, que tinha suas ruas inundadas durante o período de chuvas. “Era um caos geral. Passávamos a noite sem dormir, pedindo a Deus para que parasse de chover. Todo mundo tinha medo que a água invadisse as casas e acabasse com tudo. Ainda bem que isso vai virar passado”, comemorou a dona de casa Maria das Graças Silva.

Após a conclusão da drenagem, as águas pluviais serão conduzidas dos loteamentos Vale Douradas, Jardim Progresso, Jardim Primavera e Jardim Aliança para a lagoa do conjunto Soledade, também na zona Norte.

De acordo com o técnico da EIT - empresa responsável pela execução do projeto de pavimentação e drenagem do Nossa Senhora da Apresentação -, Américo Bernardo, as obras sofreram atraso devido às várias interferências, como a intensidade das chuvas no inverno passado, o lençol freático aflorou, dificultando muito os serviços de drenagem, com cerca de sete metros de profundidade. “Antes da execução das obras, também houve outros entraves, tanto no remanejamento de moradores que tiveram suas casas comprometidas devido às profundas escavações, quanto na retirada de postes de fiação elétrica e árvores, que dificultavam a instalação da tubulação”, lembrou Américo.

Fonte: Site da PMN
Foto: Frankie Marcone
www.natal.rn.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário