quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Obras da UPA de Pajuçara serão visitadas pela prefeita

A prefeita de Natal Micarla de Sousa visita na tarde desta quarta-feira (24), às 15h, a obra de construção da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Pajuçara, na zona Norte de Natal. A expectativa é que o prédio seja inaugurado no mês de março, após a instalação dos equipamentos.

Na construção da unidade do Pajuçara estão sendo aplicados recurso de R$2 milhões do Governo Federal e uma contrapartida de R$1,5 milhão da Prefeitura do Natal. A administração municipal também investirá R$ 1,7 milhão para equipar a UPA da zona Norte. Quando for concluída a UPA de Pajuçara funcionará 24 horas e terá capacidade para atender mais de 300 pessoas por dia.

O secretário adjunto de Operações da Secretária Municipal de Obras (Semopi), Sueldo Florêncio, acredita que dentro de 20 dias a obra física seja concluída para que a Secretaria Municipal de Saúde realize a instalação dos equipamentos. “Na parte interna só falta terminar de colocar o piso, instalar os aparelhos de ar-condicionado e as tubulações de oxigênio. Na área externa estamos trabalhando na parte urbanística como as baias de estacionamento. A obra está transcorrendo de forma tranqüila e dentro de no máximo 20 dias estará concluída”, informou Sueldo Florência


Serviços
UPAs são serviços pré-hospitalares fixos, específicos para pequenas e médias urgências e emergências, com atendimento em tempo integral. As unidades funcionam 24 horas, durante os sete dias da semana, com consultórios de pediatria e clínica médica, além de laboratório para a realização de exames e salas de raios-X, gesso, sutura, medicação e nebulização.

A segunda UPA de Natal será construída Cidade da Esperança e deve começar a atender a população a partir de junho, ou julho de 2011. O objetivo da Prefeitura do Natal é que todas as quatro regiões tenham pelo menos uma UPA, sendo que a zona Norte irá receber uma segunda unidade. As UPAs fazem parte da Política Nacional de Atenção às Urgências, do Governo Federal, que prevê a instalação de 500 dessas unidades em todo o Brasil.

Fonte: Site da PMN
www.natal.rn.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário